Base do Baú – Edison Machado É Samba Novo (1964)

26 Mar
Edison Machado

Edison Machado

Quando o assunto é bateria, o brasileiro nada de braçada, principalmente lá fora. Grandes jazzistas e astros da Blue Note e Verve, por exemplo, já trabalharam com os gênios das baquetas brazuca. A fase de maior sucesso foi a da bossa nova. Entre eles três nomes chamam a atenção: Dom Um Romão, Milton Banana e Edison Machado. O álbum “Edison Machado é Samba Novo” é um dos raros trabalhos solos do baterista, e deve ser item obrigatório na discoteca de qualquer ser humano que saiba sentir o groove que vem da bateria. As versões de “Nana” e “Coisa nº 1” do maestro dos maestros Moacir Santos são preciosidades.

A história toda desse disco o Tárik de Souza já definiu muito bem no site clique music, bem aqui.

Um ano antes de Edison lançar esse disco nomes como do saxofonista norte americano Cannonball Adderley, (que já foi sampleado pelos Beastie Boys e Q-Tip) já mostrava que as baquetas brazucas estavam em alta, quer melhor prova que “Jive Samba“?

O triste é acreditar que baterista brasileiro de grupo de rock nova-iorquino toca alguma coisa.

Como diz o Sombra…”Junte se aos bons”.

Anúncios

Uma resposta to “Base do Baú – Edison Machado É Samba Novo (1964)”

  1. fabrício delima 29/03/2009 às 20:14 #

    ruim o edson machado.
    legal é o bacalhau dos autoramas.

    ou o batera de alguma banda gaúcha
    carlos maltz?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: