Archive | Cultura RaPop RSS feed for this section

Jazzmatazz

23 Abr

Escrevi sobre a morte do Guru para a coluna do André Caramante na Revista da Hora. Já tinha falado sobre o assunto, mas de qualquer forma esqueci de dizer algo no. Quando lançou o disco “Jazzmatazz”, Keith Elam e outros rappers conseguiram dar uma pequena sobrevida ao jazz. Rest in Power.

(foto via Sampler).

Cultura RaPop

10 Set

Amanhã chega oficialmente “The Blueprint 3”, disco novo de Jay-Z . Vai ter show no Madison Square Garden e tudo mais na campanha publicitária de divulgação do patrão.

Agora, o melhor disco do ano ainda está nas mãos de Mos Def, atualmente em turnê com Jay Electronica. Acredito até que mesmo o rapper foi um dos que melhor soube reverenciar o mito Michael Jackson, assunto do ano. Em suas apresentações, Mos Def vem fazendo covers de MJ. Ilustra esse post uma dessas ocasiões, ao lado da sempre diva Erykah Badu (porção feminina do Electronica) cantando Billie Jean.

Enquanto T-Pain briga com Jay-Z sobre o autotune, Mos Def não quer saber dessa polêmica. Chama Jay para um desafio de MC, sem programas ou efeitos. Isso faz do “boogie man” Def uma das figuras mais importantes do ano, e, o que é melhor, por sua música.

Cultura RaPop

28 Ago

xxl_09_oct_cover

Está cada vez mais difícil não falar de Jay-Z. Primeiro uma chuva de novas musicas, mas nenhuma versão oficial. O disco “The Blueprint 3”está pra chegar oficialmente dia 11 de setembro, e o marido da Beyonce vai ser capa da XXL de outubro, tem uma previa da entrevista bem aqui.

Ele já está passando o bastão para a próxima geração, escalando seu time. Por aqui ninguém apareceu para passar o bastão, e se passou, foi para pessoa errada.

Pé na Rua – Profissa Rapper

12 Ago

Não é difícil perceber que Fabio Luiz, mais conhecido como Parteum, é um dos nomes mais importantes do atual rap nacional, na verdade da música nacional. Sua importância é inquestionável, mas, como na música brasileira o tradicionalismo impera, poucos perceberam isso ainda. A TV Cultura, sempre fazendo justiça ao nome da TV, fez uma matéria com ele no programa “Pé na Rua”.

Fabio Luiz explica um pouco da sua história e da sua profissão. Parteum é realmente um “profissa” no que faz. “O caminho é você acreditar no que está dizendo”, ele diz no programa. No seu caso é fácil acreditar.

Cultura RaPop

25 Jun

Não tem como não falar toda hora do disco do Mos Def, o cara não é fraco não. Saca só o que ele faz a capella pelas ruas de Osaka.

Semana passada li por aí sobre a briga de Mos Def com o Jay-Z.

Quando todo mundo achava que Mos Def ficaria mais calmo quando voltasse para a música, eis que o rapper vai arrumar briga com o mais importante rapper, do ponto de vista econômico.

Pode até ser uma estratégia de marketing para os dois estarem na mídia já que um está com disco novo na praça e outro começa a mostrar o novo disco. Se for isso, ótimo, Beatles e Stones faziam isso direto. Pena que no Brasil Chico não gostava de Caetano e nenhum falava mal do outro, e tenho dito.

Cultura RaPop

27 Abr

Alguém já viu a propaganda da Coca Cola com o urso dançando?

Agora escuta “Raciocínio Quebrado”, do Parteum.

Existe certa semelhança entre as batidas. Não sou nenhum especialista no assunto, mas aos ouvidos comuns se parecem e muito. Fabio “Parteum” Luiz entende do assunto, porém não teve participação. “Vendo como as produtoras trabalham, é melhor nem me informar sobre o ‘causo’. Muita coisa beira plágio, pra dizer a verdade”, comenta o sempre muito bem informado músico (um dos melhores do país).

Independentemente do que acontece, é bom ver o rap nacional influenciando o mainstream. Isso mostra o poder do que é feito no Brasil atualmente. Parece que o mercado caminha para absorver melhor seus grooves e sua mensagem.

A própria mixtape de Parteum é uma amostra da evolução por que passa o estilo. Como ele mesmo diz em “Raciocínio Quebrado”, “mais uma mutação genética no gênero de musica que faço”.

Cultura RaPop

27 Mar

Mos Def não é quem é por um acaso. Rima como ninguém, tem postura de sobra, posição sobre a política, momentos 420, e sabe reconhecer um bom trabalho. Esse vídeo foi feito nos intervalos das gravações de seu disco que sai em junho.

Ele fala do novo disco do rapper Doom.

A idéia é fazer uma comparação entre Brasil e o que acontece lá fora.

O mercado e a cultura brasileira já está pronta para ter um artista assim com essa postura e importância. Basta observar festas como o Quarteira e o Sintonia. Os DJ estão discotecando (tocando) com musicas que são produzidas por eles, e com a pista cheia. Perfeito.

Só uma observação:

MC Sombra é o Q-Tip brasileiro, assim como acho SNJ e A Tribe Called Quest equivalentes.